A campanha Setembro Amarelo teve início no Brasil em 2015, para criar mais visibilidade à prevenção ao suicídio.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nove em cada dez mortes por suicídio podem ser evitadas, por isso, é essencial falar sobre sua prevenção.

A causa possui um site exclusivo, setembroamarelo.org.br, que explica melhor a ação, disponibiliza materiais interessantes que esclarecem dúvidas e podem trabalhar como facilitador, além de citar algumas medidas preventivas, que achamos importante você saber:

Educação: Precisamos falar sobre o assunto, compartilhar conhecimentos, para que consigamos enxergar os sinais, sendo eles: “isolamento, mudanças marcantes de hábitos, perda de interesse por atividades de que gostava, descuido com aparência, piora do desempenho na escola ou trabalho, alterações no sono e apetite, frases como “preferia estar morto” ou “quero desaparecer”, podem indicar necessidade de ajuda”.

Divulgação: Divulgue, compartilhe, comente campanhas que auxiliem a causa, para assim, pessoas que precisam de ajuda à encontre mais facilmente.

E, também, no site você pode pedir ajuda, por diversos canais, sendo eles, telefone, e-mail, chat e até mesmo pessoalmente. Ou então, caso a ajuda não seja para você, compartilhe essa informação, para chegar ao maior número de pessoas possíveis.

Além disso, a campanha Setembro Amarelo realiza diversas ações por todo o Brasil, que são divulgadas em sua página no Facebook. Confira lá e conheça mais sobre esta ação.

Texto adaptado por Bruna Martins

Fonte: setembroamarelo.org.br

« Voltar